Fazer um currículo é bem fácil, mas muita gente ainda escorrega nos detalhes e acreditem, um detalhe errado conta muito contra você em uma candidatura à um emprego. Em nosso país, existem uma métrica que deve ser seguidas por todos os currículos e isso não acontece muitas vezes. Para evitar erros na hora de fazer seu currículo, vamos deixar aqui para você algumas dicas indispensáveis. Não deixe de conferir.

curriculo blocos Como fazer um curriculum  vitae

Antes de começar a montar seu currículo / curriculum, tenha em mente que você fará um documento que servirá como apresentação para a empresa. O documento será onde a empresa encontrará as suas principais qualificações. Nesse caso, bastante cuidado com a grafia das palavras e revise quantas vezes achar necessário para ter a certeza que seu currículo não tem nenhum erro de escrita ou de gramática. Existem ainda, modelos disponíveis na internet para download ou cópia, esses modelos ajudam bastante mas são bem conhecidos por profissionais de RH e pode contar pontos contra você em alguma seleção. Então você pode montar seu próprio currículo com base nesses modelo e não correr o risco de ter um modelo 100% igual ao dá internet.

Então vamos lá.

  1. No cabeçalho, coloque seu nome completo, data de nascimento, endereço, telefone e email. Em caso da empresa solicitar, anexe uma foto no canto superior esquerdo ou direito.
  2. O primeiro ponto a ser abordado em seu currículo deve ser suas qualificações estudantis. A sua formação educacional deve ser composta pela sua ultima escola ou no máximo três últimas, e sua formação universitária caso a tenha. Não hesite em colocar “cursando” em caso de está em transito com sua graduação ou qualquer título referente.
  3. No segundo tópico de seu currículo devem ser abordadas as suas qualificações profissionais. Esse ponto é bastante complicado pois muitos candidatos colocam muitas informações desnecessárias. Cite aqui, os seus três últimos empregos no máximo ou apenas cargos exercidos na área do emprego buscado.
  4. Aqui, coloque uma seção para “Informações complementares” onde você acrescentará informações sobre cursos feitos e que são relevantes para o cargo buscado.

Na assine seu currículo. Muitos cometem esse erro e apesar dele de certa forma ser um documento, não precisa ser assinado.