Salário mínimo 2014 aumento

Aumento no Salário mínimo em 2014

Passa a vigorar em todo território brasileiro o novo salário mínimo de 2014 com aumento de 6,78% a partir do dia 1 de janeiro de 2014, o novo salário nacional passa então a ser de R$ 724,00, os trabalhadores tem o direito ao reajuste em fevereiro, período onde deve ser contabilizado o novo aumento do salário mínimo.

aumento+no+salário+mínimo+2014 Salário mínimo 2014 aumento

Em alguns estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul o novo salário de 2014 tem um aumento diferente, onde você pode conferir a tabela com os novos valores acessando: Valor do novo salário mínimo em 2014, podendo ficar por dentro do aumento em todos os estados citados acima.

 

Presidente Dilma decreta novo salário mínimo para 2014

A presidente do Brasil estava discutindo no congresso o aumento no salário desde dezembro do ano passado e foi no mesmo més de dezembro em que Dilma Rousseff assinou o decreto com o novo valor do salário para 2014.

Segundo informações da Constituição Federal esse novo salário mínimo atende-rá o trabalhador e sua família para suprir as necessidades básicas como a alimentação, educação, moradia, saúde, higiene, transporte, vestuário, lazer e previdência social.

É importe citar que esse novo reajuste salarial também vale para os empregados domésticos, tendo o direito em lei aos novos valores.

Salário mínimo 2014 – Valor

Salário mínimo 2014

O novo valor para o salário mínimo nacional desse ano de 2014 começou a entrar em vigor a partir do primeiro dia do ano, seu valor nacional é de R$ 724, em alguns estados como Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro o salário mínimo são diferentes.

valor+do+salário+mínimo+de+2014 Salário mínimo 2014   Valor

Confira o novo salário para esses estados

Paraná – (não definida data do reajuste)

R$ 882,59 – agropecuária;
R$ 914,82 – domésticos, comércio e serviços;
R$ 949,53 – atividades industriais;
R$ 1.018,94 – técnicos de nível médio.

Santa Catarina – (reajuste a partir do dia 1º de janeiro)

R$ 835 – domésticos, motociclistas, motoboys e empregados do transporte em geral;
R$ 867 – indústrias de vestuário e calçado, de fiação e tecelagem, de artefatos de couro, de
papel, papelão e cortiça, empresas distribuidoras e vendedoras de jornais e revistas entre outros;
R$ 912 – empregados no comércio em geral, indústrias químicas e farmacêuticas, cinematográficas e da alimentação;
R$ 957 – indústrias metalúrgicas, mecânicas e de material elétrico, gráficas, de vidros, cristais, espelhos, cerâmica de louça e porcelana, de artefatos de borracha entre outros.

Rio Grande do Sul – (reajuste a partir do dia 1º de janeiro)

R$ 868,00 – domésticos, agricultura, pecuária, indústria extrativa e da construção;
R$ 887,98 – vestuário, calçados, confecção, indústria do papel e operadores de telemarketing;
R$ 908,12 – indústria farmacêutica e de alimentação, empregados do comércio;
R$ 943,98 – marinheiros, vigilantes, trabalhadores da indústria de jóias e vidros;
R$ 1.100,00 – técnicos de nível médio.

São Paulo – (reajuste a partir do dia 1º de janeiro)

R$ 810 – domésticos, agropecuários, ascensoristas, motoboys;
R$ 820 – operadores de máquinas, carteiros, cabeleireiros, trabalhadores de turismo, telemarketing.

Rio de Janeiro – (não definida data do reajuste)

R$ 763,14 – trabalhadores agropecuários e florestais;
R$ 802,53 – domésticos, serventes, auxiliar de serviços gerais e de escritório;
R$ 832,10 – carteiros, , cozinheiros, auxiliares de serviços gerais;
R$ 861,64 – trabalhadores da construção civil, despachantes, cobradores de transporte coletivo;
R$ 891,25 – encanadores, condutores de veículos de transportes, porteiros;
R$ 918,25 – operadores de máquina e telemarketing, supervisor de produção;
R$ 1.079,83 – funcionários de nível técnico;
R$ 1.491,69 – professores de Ensino Fundamental, técnicos de eletrônica e telecomunicações, tradutores;
R$ 2.047,58 – administradores de empresas, advogados, contadores, psicólogos, arquitetos, enfermeiros.

Salario Minimo em 2012

Valor do Salário Mínimo em 2012

Valor Do Novo Salário Mínimo 2012 Salario Minimo em 2012

No inicio dessa semana a presidenta Dilma Rousseff  anuncio o novo valor do salário mínimo brasileiro que será de R$ 622,75. Os valores deverão ser ajustado a partir do dia 1º de janeiro de 2012, entretanto só cairá na conta do brasileiro no dia 1º de fevereiro. O aumento representa reajuste de 14,2%, em relação aos atuais R$ 545,00.

Muitos acharam que a presidenta Dilma deixasse o valor em R$ 625, no entanto ela reduziu o valor para R$ 622. No ano passado, o ex-presidente Lula arredondou o valor para cima. De com o  governo federal, que estão na Lei de Diretrizes Orçamentárias sancionada recentemente pela presidenta, o aumento de R$ 1 no salário mínimo equivale a uma elevação de gastos de cerca de R$ 280 milhões.

Deste modo, um aumento de R$ 77 representa uma despesa extra de cerca de R$ 23 bilhões para o governo. Pelo formato de correção acordado entre o governo federal e sindicatos, o salário mínimo deverá superar a barreira dos R$ 800 em 2015.